+CampeonatosCampeonato MundialCampeonatosNotíciasNotícias do Tour

Tyler Wright e Ethan Ewing  vencem em Cabarita na Austrália.

Os atletas mostraram show de surf nas baterias

Tyler Wright e Ethan Ewing foram os vencedores do “Tweed Coast Pro”, evento que faz parte do Australian Grand Slam of Surfing.

campeões do evento “Tweed Coast Pro”

Tyler Wright e Ethan Ewing vencem em Cabarita na Austrália.

O Tweed Coast Pro foi finalizado no último domingo, 13/9 em Cabarita. As ondas na final estavam pequenas e com boa formação; os campeões mostraram domínio sobre seus adversários desde o início do evento.

Essa é a primeira competição realizada no oceano desde março desse ano. A final foi um reencontro entre a sete vezes campeão mundial Stephanie Gilmore e Tyler Wright, que se enfrentaram no Lululemon Maui Pro, em 2019.

A final entre as surfistas foi marcado por um forte ataque ao melhor estilo power surf na qual Tyler conseguiu neutralizar Gilmore com uma combinação de duas ondas que somarão 15,67 de 20 possíveis.

Disse Tyler.

Prancha de Equilíbrio

“Surfar a final com a Steph foi demais. Steph´s sempre foi um grande ídolo e atualmente é uma amiga próxima.

Nesse tempo de COVID tentamos surfar e treinar várias vezes juntas. Esse evento também tam um posicionamento social, que clama por justiça, igualdade e solidariedade levantando a bandeira “Black LivesMatter”.

Essa foi uma grande oportunidade para levantarmos o assunto nas plataformas de surfe e eu gostei muito dessa oportunidade”,

Publicou no seu instagram:

Parafina Fuwax

View this post on Instagram

@wsl

A post shared by Tyler Wright (@tylerwright) on

Disse em sua postagem:

“Antes de ser atleta, sou um ser humano”

“Então, hoje, antes da minha bateria no Tweed CoastPro, estarei de joelhos em solidariedade ao Black LivesMatter. Estes são tempos de divisão e estou longe de ser perfeita, mas acredito profundamente na busca por justiça racial e igualdade para todos.

Eu entendo que meu privilégio branco e ter esta plataforma com a comunidade do surf significa que eu tenho a escolha de dizer algo e fazer algo … e que muitos não têm essa oportunidade.

Preciso dizer mais e fazer mais com o meu e estou comprometida em desafiar e mudar os sistemas que continuam a discriminar e oprimir pessoas de diferentes origens.

Entre os homens a final também foi bastante disputada com o jovem Ethan Ewing enfrentando a outro surfista de sua geração, o sul-africano Matthew McGillivrary. Ewing dominou as ações emplacando um 9,77 (melhor onda do evento).

Disse Ewing

“Estou me sentindo nas nuvens agora”

“Foi um grande evento e tudo se encaixou para mim durante aquela final. Durante todo o dia houve ondas muito divertidas que me permitiram fazer boas notas.

Matt tem surfado de forma fantástica, então eu sabia que precisava pontuar grande nessa final.

Estou muito feliz que a WSL tenha conseguido reunir tudo para que todos nós voltássemos e competíssemos. É bom estar de volta competindo. “

Resultados – da final:

Final feminina: Tyler Wright (AUS) 15.67 x Stephanie Gilmore (AUS) 10.27

Final masculina: Ethan Ewing (AUS) 18.60 x Matthew McGillivrary (AFS) 13.90

#estamosnatorcida.

Etiquetas
Mostrar mais

Eduardo Barrionuevo

Eduardo Barrionuevo é surfista profissional e compete atualmente as etapas do CBSurf. Nascido em Iguape, atualmente ele treina no Guarujá e é um atleta do time da Gangster, entre outros patrocínios. Barrionuevo possui conhecimento profundo do mundo do surf dando uma visão crítica e especializada as notícias do portal . Edu é atleta patrocinado da Gangster, e recebe apoios da Águas Claras Sr. Altino, Botton Fins , D+Sports , Ótica Di Fiori, TH Surfboards e LivreSurf. Contato: eduardo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar