Campeonato MundialNotíciasNotícias do TourPro PortugalSurfistas Brasileiros no CT - Masculino

Repercussão da bateria de Caio Ibelli contra Gabriel Medina

Medina faz interferência e perde bateria.

Gabriel Medina foi eliminado após cometer uma interferência em Caio Ibelli nas oitavas de final no Rip Curl Pro Portugal.

O erro de Medina, travou a comunidade surfista que por horas ficou tentando entender o que havia acontecido.

 

As primeiras alegações foram de um possível erro na placa de prioridade, o que acabou sendo desmentido, uma vez que imagens do momento da bateria mostram a definição correta das placas: prioridade de Caio Ibelli:

Strider - placa de prioridade
Strider – placa de prioridade

Mas após uma longa reunião com o comissário de prova da WSL, Gabriel Medina postou em seu instagram sua versão dos fatos:

Deck John John Florence

Gabriel Medina publicou:

“Gostaria de explicar oque aconteceu na minha bateria.
Eu e Caio pegamos a mesma onda e cada um foi pra um lado. A minha onda foi mais curta e a dele foi mais longa. Tanto que enquanto eu voltava pro outside, ele ainda estava surfando a onda dele. Quando cheguei no fundo, tinha tanta certeza que a prioridade era minha que não olhei pra a placa de prioridade. Pra minha surpresa, quando veio a onda seguinte, acabei indo porque estava seguro que a prioridade era minha. Acabei levando a interferência.
Quando saí da água fui falar com os juizes. Olhamos as imagens abertas, de nós dois voltando remando para o fundo, com um angulo da câmera aberto. Ficou bem claro que eu cheguei bem antes. E mesmo que eu tivesse chegado junto com ele e tivesse um empate, a prioridade seria minha pela regra. Porque na onda que surfamos juntos antes, o Caio tinha a prioridade 1. Tenho a esperança que a minha bateria seja reavaliada pois ocorreu um erro.”

View this post on Instagram

Gostaria de explicar oque aconteceu na minha bateria. Eu e Caio pegamos a mesma onda e cada um foi pra um lado. A minha onda foi mais curta e a dele foi mais longa. Tanto que enquanto eu voltava pro outside, ele ainda estava surfando a onda dele. Quando cheguei no fundo, tinha tanta certeza que a prioridade era minha que não olhei pra a placa de prioridade. Pra minha surpresa, quando veio a onda seguinte, acabei indo porque estava seguro que a prioridade era minha. Acabei levando a interferência. Quando saí da água fui falar com os juizes. Olhamos as imagens abertas, de nós dois voltando remando para o fundo, com um angulo da câmera aberto. Ficou bem claro que eu cheguei bem antes. E mesmo que eu tivesse chegado junto com ele e tivesse um empate, a prioridade seria minha pela regra. Porque na onda que surfamos juntos antes, o Caio tinha a prioridade 1. Tenho a esperança que a minha bateria seja reavaliada pois ocorreu um erro. ll I am still very hopeful that my heat will be reviewed.

A post shared by G. Medina (@gabrielmedina) on

A partir daí uma onda de comentários que já passam de 7.000 começaram, e os grupos de debate de surf não tem falado de outra coisa.

Um dos comentário mais chamativos, foi o de Michael Rodrigues, talvez por suas múltiplas interpretações possíveis:

Michael Rodrigues a Medina
Michael Rodrigues a Medina

Depois de algum tempo, centenas de seguidores de Medina começaram a questionar o que Michael queria dizer e quem ele apoiava, algo que ainda não achamos a resposta no post.

Owen Wright foi mais enfático, deixa claro que juízes da WSL cometem erros mas que raramente admitem ou corrigem.

owen wright
owen wright

A mãe de Medina, obviamente assumiu o lado do filho, clamando pela revisão da bateria.

Simone Medina
Simone Medina

O shaper Marcelo Carbone, filho de Neco Carbone também apareceu nos comentários, sendo imparcial apesar de ser do Guarujá de Caio Ibelli:

marcelo carbone
marcelo carbone

O preparador físico de Medina, diz algo bastante “pé no chão” o ideal parece ser focar em Pipe que vai ser uma disputa incrível.

allan menache
allan menache

Não tão sábio quanto Allan, foi o lutador de UFC Chito Vera do Equador, ele realmente me lembrou algumas matérias que lemos por ai na mídia surfista:

Surf e UFC
Surf e UFC

Caio Ibelli joga para ganhar:

Caio Ibelli ao ver que a prioridade era dele, que Medina não tinha visto isso, não perdeu a oportunidade de virar a bateria, remou na onda com garra e muita vontade.

Ele percebeu que Gabriel não tinha prestado atenção na placa de prioridade e jogou com o livro de regras da WSL destacando a interferência de Medina.

Para todos, a vitória de Caio foi algo inesperado, porque antes da interferência de Gabriel, Caio precisava de muita nota.

Depois da interferência, Medina perdeu sua segunda nota e Caio conseguiu a virada em sua última onda fazendo um 3.10.

Para Caio este resultado é muito importante, porque firma sua presença na temporada do CT em 2020.

Para Medina pode custar a lycra amarela e afetar no título da temporada se não ir bem no Hawaii.

Felipe Toledo, Jordy Smith e Ítalo Ferreira ainda estão na disputa e podem tirar a liderança de Medina.

Momento em que Caio pega a onda e Medina comete a inteferência:

Em entrevista após o término da bateria, Caio elogiou Medina como surfista, mas ressaltou que não entendeu o que aconteceu com ele para que fizesse a interferência.

Disse Caio após a bateria:

Três opiniões da LivreSurf:

  1. O juiz de prioridade errou;
  2. Gabriel Medina errou, deveria ter olhado para a placa de prioridade
  3. Caio Ibelli jogou, fez o que qualquer atleta faria estando na prioridade (inclusive Medina)

Apesar da polêmica ser parte do esporte um pronunciamento forte e claro da WSL sobre o assunto geraria mais segurança aos atletas e torcedores.

Segurança ajuda o esporte a amadurecer, traz investimentos e faz mais gente querer acompanhar.

Estamos Na Torcida para que fatos como estes não criem rivalidades que não combinem com o surf e que o melhor e mais preparado vença o título mundial.


#EstamosNaTorcida

Etiquetas
Mostrar mais

Eduardo Barrionuevo

Eduardo Barrionuevo é surfista profissional e compete atualmente as etapas do CBSurf. Nascido em Iguape, atualmente ele treina no Guarujá e é um atleta do time da Gangster, entre outros patrocínios. Barrionuevo possui conhecimento profundo do mundo do surf dando uma visão crítica e especializada as notícias do portal . Edu é atleta patrocinado da Gangster, e recebe apoios da Águas Claras Sr. Altino, Botton Fins , D+Sports , Ótica Di Fiori, TH Surfboards e LivreSurf. Contato: eduardo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

12 Comentários

  1. Pelo vídeo postado pelo Medina está claro, o juiz de prioridade errou. Não entendo qual a dificuldade da WSL assumir q errou, volta pra água com os últimos 10 minutos e segue o jogo…

    1. Esses juízes da wsl se acham deuses do mar, realmente todos os anos os principais surfista brasileiros são prejudicados,se fosse com o John John Florence, isso já teria sido resolvido,wsl coloquem juízes imparciais, vergonha para o surfe Mundial.

    2. A WSL por não ter o q fazer por ter vários brazucas na elite, está tentando prejudicar os mesmos,isso já é percebido principalmente nos critérios de avaliação das ondas surfadas,notas inferiores para manobras de mais impacto surfadas por brasileiros,dificilmente irão admitir q erraram.

    3. Se fosse com o John John ou Julian Wilson a regra seria outra e o vídeo também. Esses juízes erram muito e não admitem. Quem garante que não burlaram também as imagens ? Muito estranho, era importante levar a decisão pra Pipe. Conseguiram! Fato, todos tem medo dos juízes, se reclamar será punido e a nota 9 vira 8. Lamentável

  2. Quem perde é o esporte, que deveria dar o exemplo de honestidade e esperança aos mais jovens, independente da bandeira. E se houve erro, rever ppde ser a melbor forma de equacinar, pois ambos são bosn atletas.
    O que importa é o que queremos construir com tudo isso. Alicerces fracos levam a queda de qualquer futuro. Será essa a humanidade que devemos construir?

  3. Queria intender o que categoriza uma interferência… pq no que vi em detalhes o caio conseguiu pegar a onda e partiu pra reclamação esquecendo de surfar a onda que já havia pegado.
    Faz sentido o que reportei acima?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar