+CampeonatosCampeonatosEspeciaisNotícias

Surf nas Olimpíadas – Contagem regressiva para disputa

Nesta quarta-feira, 24 de julho, começa a contagem regressiva de 1 ano para o início das Olimpíadas do Japão.

Nesta quarta-feira, 24 de julho, começa a contagem regressiva de 1 ano para o início das Olimpíadas do Japão

Surf nas Olimpíadas – Contagem regressiva para disputa

A WSL produziu algumas entrevistas com os atletas brasileiros que estão na disputa direta por vagas para a estreia do surf nas Olimpíadas.

O bicampeão mundial Gabriel Medina, Filipe Toledo, Italo Ferreira e Silvana Lima, falaram sobre a expectativa de poder representar o Brasil na busca por medalhas nos Jogos Olímpicos de Tokio 2020.

Nesta quarta-feira, 24 de julho, começa a contagem regressiva de 1 ano para o início das Olimpíadas do Japão e eles estão na batalha pelas vagas que estão em jogo no World Surf League Championship Tour deste ano.

Olimpíadas de Tokio 2020
Olimpíadas de Tokio 2020

A classificação para o surf nas olímpiadas

Serão dez classificados pelo ranking masculino e oito pelo ranking feminino, limitado a dois atletas de cada país.

Prancha de Equilíbrio

A reta final da temporada 2019 já começou com a realização da sexta das onze etapas na África do Sul, encerrada com uma final verde-amarela entre Gabriel Medina e Italo Ferreira, vencida pelo atual campeão mundial.

Italo Ferreira JBay 2019 foto wsl
Italo Ferreira 2019

Após o resultado do Corona Open J-Bay, os dois brasileiros que estão se garantindo nas Olimpíadas de Tokio no momento, são o vice-líder do ranking, Filipe Toledo e Italo Ferreira, quarto colocado.

Com a vitória em Jeffreys Bay, Medina subiu para a sétima posição e a batalha pelas duas vagas do Brasil na World Surf League, será intensa nas próximas etapas.

Filipe Toledo JBay 2019 foto wsl
Filipe Toledo

Também estão se classificando, o novo líder Kolohe Andino e o bicampeão mundial John John Florence pelos Estados Unidos, Kanoa Igarashi pelo Japão, Jordy Smith pela África do Sul e Ryan Callinan e Julian Wilson pela Austrália, fechando os top-10. Os dois que completariam a lista para Olimpíadas e formariam o time da França, com o taitiano Michel Bourez em 11.o no ranking e Jeremy Flores em 16.o lugar, pois os que estão acima dele são da Austrália e dos Estados Unidos.

Tatiana Weston-Webb Margaret River QF 2019 fotos wsl
Tatiana Weston-Webb

Na categoria feminina, a nossa brasileira a gaúcha Tatiana Weston-Webb em oitavo lugar no ranking, é a única brasileira que está se confirmando nas Olimpíadas entre as top-8 do ranking do World Surf League Championship Tour. No momento, a cearense Silvana Lima ocupa a 13.a posição e pode até ficar com uma vaga, pois não existem muitos países representados no CT feminino.

Parafina Fuwax

A disputa entre as meninas está bastante acirrada. A havaiana Carissa Moore em primeiro no ranking e a californiana Lakey Peterson em quarto, ocupam as duas vagas dos Estados Unidos após a etapa sul-africana em Jeffreys Bay. Pela Austrália, estão se garantindo a vice-líder Sally Fitzgibbons e a heptacampeã mundial Stephanie Gilmore, terceira colocada.

Silvana Lima no Corona Open J-Bay
Silvana Lima

As outras surfistas que estão abaixo delas já são desses países, até a brasileira Tatiana Weston-Webb, que é seguida por Brisa Hennessy da Costa Rica e Johanne Defay da França. São sete no total, então resta uma surfista para completar a lista das oito, que pode ser Silvana Lima, pois mais duas australianas estão entre ela e a francesa que ocupa a décima posição no ranking.

A próxima batalha por pontos no ranking masculino do World Surf League Championship Tour 2019 será no Tahiti Pro Teahupoo, que será disputado entre os dias 21 de agosto e 1.o de setembro nos tubos de Teahupoo, na Polinésia Francesa. Já para as meninas, a sétima etapa será junto com a oitava dos homens na piscina de ondas da World Surf League, criada por Kelly Slater em Lemoore, no interior da Califórnia, de 19 a 21 de setembro nos Estados Unidos.

PIscina de onda- SLATER

As entrevistas dos brasileiros sobre o surf nas olimpíadas

Abaixo as entrevistas concedidas pelos brasileiros acerca da disputa para as olimpíadas, todas foram gravadas pela WSL na saída da prova de Jeffreys Bay e postadas antes de todo mundo pelo IGTV do Portal LivreSurf na madrugada de ontem:

TOP-22 Ranking das 6 etapas:

01: Kolohe Andino (EUA) – 33.845 pontos

02: Filipe Toledo (BRA) – 33.280

03: John John Florence (HAV) – 32.160

04: Italo Ferreira (BRA) – 29.950

05: Kanoa Igarashi (JPN) – 29.450

06: Jordy Smith (AFR) – 29.365

07: Gabriel Medina (BRA) – 26.895

08: Kelly Slater (EUA) – 21.055

09: Ryan Callinan (AUS) – 20.130

10: Julian Wilson (AUS) – 18.140

11: Michel Bourez (TAH) – 17.930

12: Owen Wright (AUS) – 17.365

12: Conner Coffin (EUA) – 17.365

14: Seth Moniz (HAV) – 16.800

15: Wade Carmichael (AUS) – 15.735

16: Jeremy Flores (FRA) – 15.375

17: Michael Rodrigues (BRA) – 14.725

18: Willian Cardoso (BRA) – 13.950

18: Deivid Silva (BRA) – 13.950

20: Peterson Crisanto (BRA) – 12.885

21: Adrian Buchan (AUS) – 12.680

22: Caio Ibelli (BRA) – 11.670

——–outros brasileiros:

25: Yago Dora (SC) – 9.970 pontos

27: Jessé Mendes (SP) – 9.830

35: Jadson André (RN) – 5.850

38: Adriano de Souza (SP) – 3.720

40: Mateus Herdy (SC) – 1.595

41: Krystian Kymerson (ES) – 1.330

44: Alex Ribeiro (SP) – 265

TOP-10 FEMININO – ranking das 6 etapas:

01: Carissa Moore (HAV) – 41.175 pontos

02: Sally Fitzgibbons (AUS) – 37.325

03: Stephanie Gilmore (AUS) – 35.065

04: Lakey Peterson (EUA) – 33.850

05: Caroline Marks (EUA) – 32.135

06: Courtney Conlogue (EUA) – 31.590

07: Malia Manuel (HAV) – 27.800

08: Tatiana Weston-Webb (BRA) – 25.120

09: Brisa Hennessy (CRI) – 21.840

10: Johanne Defay (FRA) – 19.930

…..outras brasileiras

13: Silvana Lima (BRA) – 16.800

20: Tainá Hinckel (BRA) – 2.610

#estamosnatorcida.

Etiquetas
Mostrar mais

Eduardo Barrionuevo

Eduardo Barrionuevo é surfista profissional e compete atualmente as etapas do CBSurf. Nascido em Iguape, atualmente ele treina no Guarujá e é um atleta do time da Gangster, entre outros patrocínios. Barrionuevo possui conhecimento profundo do mundo do surf dando uma visão crítica e especializada as notícias do portal . Edu é atleta patrocinado da Gangster, e recebe apoios da Águas Claras Sr. Altino, Botton Fins , D+Sports , Ótica Di Fiori, TH Surfboards e LivreSurf. Contato: eduardo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar