Rio ProUncategorized

OI RIO PRO – Saiba tudo que aconteceu no primeiro dia

Hoje no primeiro dia do mundial em Saquarema o OI RIO PRO tivemos um show de surf e algumas surpresas inesperadas

hoje no primeiro dia do mundial em Saquarema o Oi Rio Pro 2019 tivemos um show de surf e algumas surpresas inesperadas.

multidao oi rio pro 2019
Multidao na Praia de Itauna Saquarema acompanha o Oi Rio Pro 2019 – Foto @fl.borgez – Flavio Borges

Oi Rio Pro 2019 – Saiba tudo que aconteceu no primeiro dia

O evento começou com a categoria feminino que rolou todo o round 01 e a nossa primeira brasileira a se apresentar foi Taina Hinckel, na bateria de número 03, ela que veio das triagens para o evento principal e agora está nas repescagem, pegou ondas boas no evento principal, mas com manobras um pouco curtas e de pouca expressão, comparada as suas adversárias, que já estão mais acostumadas com o tour. Afinal estava contra a australiana Stephanie Gilmore que avançou na segunda colocação e a havaiana Coco Ho que venceu a bateria.

Gilmore Bali 2019
Gilmore avança em segundo

As demais brasileiras se apresentaram no round 05 e avançaram direto para próxima fase.

Silvana Lima avançou na primeira colocação com o total de 13.20, ela optou pela tática de esperar as melhores ondas, no começo da bateria todas já haviam pego ondas e ela não, na segunda colocação ficou a também brasileira Tatiana Weston-Webb com 11.10, mandando para repescagem a australiana Sally Fitzgibbons.

Tatiana Weston-Webb Margaret River QF 2019 fotos wsl
Tatiana Weston-Webb

O masculino rolou logo na sequência com a bateria de Kanoa Igarashi que avançou em primeiro com 12.17, na segunda colocação avançou o nosso brasileiro Jadson André com 10.60, assim mandando para repescagem o paranaense Peterson Crisanto, que infelizmente não conseguiu boas ondas.

Prancha de Equilíbrio
JADSON ANDRÉ

A segunda bateria foi a vez de nosso bicampeão mundial Gabriel Medina, que pegou uma bela direita deu 3 pancadas e somou 5.33 junto a uma esquerda de 6.77 com direito a um aéreo, somando 12.10, avançou na segunda colocação o australiano Soli Bailey, mandando para repescagem Adrian Buchan(Ace).

MEDINA

Na bateria 03 foi a vez de Yago Dora, que detonou e fez a maior nota do dia, um 9.00 pontos, seguido de um 7.33 para fazer a maior somatória do evento até o momento, avançou junto com ele nosso também brasileiro Adriano de Souza na segunda colocação com 11.27, mandando para repescagem o americano Kolohe Andino.

Vídeo da nota 09 de Yago Dora:

A bateria 04 foi a vez de Filipe Toledo defensor do título da etapa, que detonou e fez uma somatória de 13.97 com isso, avançou junto com o português Frederico Morais mandando para repescagem o havaiano Sebastian Zietz,

Parafina Fuwax

Áudio feito pelo repórter Eduardo Barrionuevo de Matheus Toledo para LivreSurf e 013 FM antes da bateria de Filipe.

Abaixo o Vídeo de Matheus mostrando sua felicidade ao ver seu irmão avançar

A bateria 05 Matheus Hery não compareceu por ter se machucado nos treinos assim avançou Italo Ferreira na primeira colocação com 12.17 e Deivid Silva na segunda colocação com 11.07.

Na bateria 06 avançou o líder do ranking JOHN JOHN na primeira colocação, e nosso brasileiro Caio Ibelli que mandou muito bem com manobras fortes e expressivas foi o segundo, mandando para repescagem o também brasileiro Alex Ribeiro.

Abaixo a entrevista com Caio Ibelli após a bateria feita pelos reportes Rodrigo Morais e Flávio Borges.

WILLIAN CARDOSO

Na bateria 07 Willian Cardoso O PANDA detonou com suas patadas e avançou na primeira colocação somando 10.44, avançando com ele Ricardo Christie e mandando para repescagem Jordy Smith.

A bateria 08 Ezekiel Lau foi para repescagem e Julian Wilson Voou alto para assumir a primeira colocação com 12.67 pontos em sua soma total, nosso brasileiro Michael Rodrigues ficou com a segunda colocação e mandou um abraço a todos que nos acompanham

michael rodrigues
michael rodrigues

Na bateria 09 contou com a presença ilusitada de Kelly Slater, que fazia 05 anos que nåo aparecia no Brasil e o careca veio com sede de vitoria, detonou e avançou na primeira colocação.

Kelly Sater

A bateria 11 foi a última que tivemos brasileiro, foi a vez de Jesse Mendes avançar na segunda colocação com 11.53 junto com Ryan Callinan que foi o vencedor.

Jesse Mendes

SURPRESAS INESPERADAS

  1. MATHEUS HERDY LESIONADO ANTES DO EVENTO
  2. KELLY SLATER veio e está no RIO DE JANEIRO após 05 anos.
  3. E a última e mais importante krystian Kymerson estå no evento principal no round 02 no lugar de Matheus Herdy
Krystian Kymerson

Amanhã a proxîma chamada será as 6;30 da manhã, com início as 7:00 horas, e a LivreSurf torce pela vitoria de nossos brasileiros.

#estamosnatorcida

 

 

 

 

 

 

 

Etiquetas
Mostrar mais

Eduardo Barrionuevo

Eduardo Barrionuevo é surfista profissional e compete atualmente as etapas do CBSurf. Nascido em Iguape, atualmente ele treina no Guarujá e é um atleta do time da Gangster, entre outros patrocínios. Barrionuevo possui conhecimento profundo do mundo do surf dando uma visão crítica e especializada as notícias do portal . Edu é atleta patrocinado da Gangster, e recebe apoios da Águas Claras Sr. Altino, Botton Fins , D+Sports , Ótica Di Fiori, TH Surfboards e LivreSurf. Contato: eduardo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar