Rio Pro

Oi Rio Pro 2019 – Saiba tudo o que aconteceu no segundo dia

Eliminações de brasileiros importantes marcaram o dia

Hoje o evento começou as 7h35 com ondas de até 2 metros na série, os atletas detonaram, um verdadeiro show de surf.

OI RIO PRO- saiba tudo que rolou no segundo dia de competição

O mar não estava bom, esta é a melhor forma de começar a matéria sobre o segundo dia do Oi Rio Pro 2019, especialmente pois muitos dos resultados aqui decorrem das condições das ondas.

O evento começou com a primeira chamada as 7h35, rodando a repescagem feminina, para na sequência fazer a repescagem masculina e o Round 3 (Round of 32).

brasileiros no oi rio pro 2019 - foto de Flavio Borges
brasileiros no oi rio pro 2019 – foto de Flavio Borges

Feminino – Round de Repescagem

Taina Hinckel x Sally Fitzgibbons x Nikki Van Dijk

Taina Hinckel começou mandando batidas sem grande expressão enquanto Nikk começou surpreendendo mandando grandes manobras. Até que a onda de 5.10 de Taina mudou o jogo mandando a brasileira ao segundo lugar.

Prancha de Equilíbrio

Faltando 11 minutos do final da bateria Taina pontua na casa dos 6 pontos, assumindo a liderança onde fica até o final da bateria.

Vale lembrar que Taina foi ovacionada pela torcida ao sair da água, um momento que com certeza marcará a atleta. (pois foi bonito de se ver!)

Principais baterias de hoje no Oi Rio Pro 2019

Kohole Andino x Sebastian Zietz x Alex Ribeiro

Não deu para o Alex Ribeiro, talvez pelo nervosismo ou pelas condições difíceis do mar. Mas era perceptível, o brasileiro cometia alguns erros na finalização de algumas ondas, o que acabou trazendo o resultado da eliminação do Orelha.

Um parênteses importante é que torcemos muito pelo Orelha, em especial pelo carinho que ele dedica a nós todas as vezes que o entrevistamos.

Krystian Kymerson x Adrian Buchan x Jordy Smith

Krystian tem aquela energia que nós tanto gostamos de assistir, encabeçou a bateria e foi o cara que mais pegou ondas na batera.

Parafina Fuwax

Vale dizer que a galera na praia vibrou com a entrada dele e com cada manobra.

Krystian Kymerson Oi Rio Pro 2019 - Flavio Borges
Krystian Kymerson Oi Rio Pro 2019 – Flavio Borges

Conner Coffin x Peterson Crisanto x Ezekiel Lau

Peterson Crisanto não se achou durante essa bateria, a média de notas dos três atletas ficou em três patamares diferentes.

Mesmo na boa onda que pegou no final da bateria acabou não conseguindo aproveitar, desistindo da onda.

Round 3 (Round of 32)

Neste round tivemos novas perdas de brasileiros, inclusive um dos favoritos e aposta de muitos no fantasy.

Filipe Toledo x Adriano de Souza

Foi a bateria do dia! Em um mar mexido de ondas grandes (cerca de 2m) onde era até difícil de enxergar os atletas na água.

Quem estreou a bateria foi o guarujaense Mineiro, com um 7,50 em uma onda grande, a resposta veio com Filipe tentando um aéreo full rotation, manobra que não foi completada e ainda quebrou a prancha de Filipe no meio.

Filipe então saiu da água e trocou de prancha com seu irmão que o esperava na areia.

E aqui veja o como ficou a prancha:

Depois de um tempo Filipe pegou uma onda muito boa, um 7,33. As notas estavam muito próximas, ganharia a bateria quem fizesse uma boa segunda onda.

Na sequência Toledo mandou outra boa onda de 6,67, assumindo assim a liderança da bateria e eliminando Adriano de Souza.

Outras baterias:

Kelly Slater (Careca velhinho) eliminou Zietz utilizando grandes manobras, extensas e largas.

Kanoa Igarashi eliminou o neo-zelandez Ricardo, com manobras excelentes e de grande volume de água.

A bateria quatro Joan Duru derrotou Owen Whight em uma bateria bem acirrada.

Frederico Morais se deu bem e conseguiu eliminar nosso brasileiro Italo Ferreira que não se encontrou na bateria.

Michael Rodrigues detonou, dominou a bateria e avançou contra o nosso também brasileiro Willian Cardoso.

Julian Wilson eliminou Ezekiel Lau na bateria 07, foi uma bateria de poucas notas a maior que saiu foi 4.73.

Nosso brasileiro Jesse Mendes eliminou Conner Coffin na bateria 08, foi uma bateria bem disputada.

A bateria 09 o atual Líder do Ranking John John Florence avançou na primeira colocação eliminando nosso brasileiro Krystian Kymerson que surfou muito bem e merece ser destacado.

Na bateria 10 nosso brasileiro Yago Dora foi eliminado pelo australiano Wade Carmichael, que fez a maior nota do dia 8.50.

Jordy Smith fez a maior somatória do dia 15.83 com manobras fortes, apresentou um surf diferenciado e de muita radicalidade.

Griffin Colapinto eliminou Ryan Callinan com uma somatória de 10.73 contra 7.57 de Ryan que parecia um pouco perdido na bateria.

Kolohe Andino eliminou Soli Bailey com um excelente surf de borda e muito comprometimento nas manobras.

A bateria 14 Deivid Silva detonou, fez duas boas notas e somou 14.83, mandou excelentes pancadas para mandar Seth Moniz de volta para casa.

Caio Ibelli acabou sendo eliminado na bateria 15 por Michael Bourez que surfou muito forte em ondas pesadas, somou 11.44 contra apenas 6.10 de Caio.

A bateria 16 foi a vez de nosso bicampeão mundial Gabriel Medina dar um show e somar 13.00 pontos, eliminando o também brasileiro Jadson André que conseguiu somar 10.90.

Barrinha Oi Rio Pro 2019 - Flavio Borges
Barrinha Oi Rio Pro 2019 – Flavio Borges

#estamosnatorcida

Etiquetas
Mostrar mais

Rodrigo Morais

Especialista no mercado de tecnologia com 17 anos de experiência, focado em segurança da informação. Surfista amador frequentador das praias da vibrante ilha de Guarujá. Fotógrafo especializado na captação de esportes, especialmente o surf. Contato: rodrigo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar