Campeonato MundialEntrevistasEspeciais

Mineirinho concede entrevista exclusiva durante evento da WSL

Adriano de Souza Campeão Mundial de Surf

Adriano de Souza, o Mineiro, campeão mundial de surf de 2015, esteve no WSL Zone, evento promovido pela WSL Latin America no Centro de São Paulo com o objetivo de promover o bom momento do surf nacional.

Em entrevista exclusiva com a LivreSurf, Adriano falou sobre sua cidade natal, Guarujá e adiantou os planos do seu retorno as ondas no ano de 2020.

Painel WSL Zone
Painel WSL Zone

Pouco antes da entrevista, Mineiro participara de um painel sobre sua história no surf ao lado de Carlos Burle e Daniel da Personal Boards.

Neste painel, provocado por Ivan Martinho, mediador da conversa, o surfista comentou o título de kriptonita de Kelly Slater, por ser o surfista que mais vezes venceu as baterias contra o norte americano, onze vezes campeão mundial. Estudar o adversário foi o ponto chave das vitórias do guarujaense.

Sua visão inteligente e efetiva acerca do surf, foi o que o fez perceber e reconhecer suas dificuldades em Pipe, antes de trazer o título mundial para o Brasil.

Prancha de Equilíbrio

Na época ele buscou com humildade a ajuda de Jamie O’Brien, surfista havaiano casca grossa.

A primeira tentativa de ajuda resultou em um “não” do havaiano. Que depois de ver Mineiro tentando insistentemente surfar Pipeline, mas enfrentando as dificuldades do crowd intenso do pico decidiu ajudar sob uma condição incomum: que Mineiro ajudasse com a organização de sua casa no Havai.

Adriano de Souza topou o trato e a ajuda se mostrou fundamental na conquista do Pipe Masters.

A entrevista a LivreSurf

Avisado que a LivreSurf é sua conterrânea, ambos do Guaruja, ele logo lembrou-se da importância que o famoso pico “sobre as ondas” na divisa das praias de Pitangueiras e Astúrias teve em sua história:

Sobre as Ondas foi onde eu peguei minha primeira onda

Parafina Fuwax

Adriano ainda lembrou de um dos ícones do Guaruja, o Pirata que tem sua escola de surf nas proximidades do Maluf.

O Retorno de Adriano de Souza para o Surf

De certa forma, Adriano está a bastante tempo afastado do surf competitivo, em Outubro de 2018, ele sofreu uma lesão no joelho na etapa de Portugal e retornou as ondas apenas 8 meses depois na etapa brasileira de Saquarema.

A alegria durou pouco, no Tahiti este ano em setembro, uma nova lesão acometeu o campeão mundial afastando-o novamente. Leia mais clicando aqui.

Com todo este contexto, era impossível não perguntar acerca de sua volta, e as notícias são boas: Adriano de Souza está nos últimos preparos para seu retorno no ano que vem.

Pouco antes da entrevista conversas entre WSL e LivreSurf davam que a vaga no tour para 2020 de Adriano ainda não estava confirmada, mas entendemos que ele voltará ao surf com força total.

A estratégia do retorno de Mineiro em 2020

Adriano de Souza como estrategista que é, já pensou em uma pré temporada forte para se preparar para as pedradas de 2020.

Com o forte apoio de seus patrocinadores, o que o atleta reforçou com energia, Mineiro pretende treinar novamente em Pipeline e Gold Coast, a última e as primeiras etapas do Tour Mundial de Surf.

Em especial, Mineiro cita que Pipe é o lugar onde o campeão mundial é efetivamente decidido.

#EstamosNaTorcida

Mostrar mais

Rodrigo Morais

Especialista no mercado de tecnologia com 17 anos de experiência, focado em segurança da informação. Surfista amador frequentador das praias da vibrante ilha de Guarujá. Fotógrafo especializado na captação de esportes, especialmente o surf. Contato: rodrigo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar