Pranchas e Equipamentos

Manual de Quilhas- A importância do equipamento para o esporte

A BOTTOM FINS vem desenvolvendo as melhores quilhas nacionais do mercado, saiba tudo sobre o produto para uma boa evolução.

Quilhas, um dos acessórios mais importantes para a prática do Surfe
(Manual de Quilhas)

Com o crescimento do Surf nos últimos anos e com a bela representação dos brasileiros no Circuíto Mundial, o esporte ganhou muito mais seriedade e a busca por equipamentos adequados, tem se tornado uma realidade. Um destes equipamentos, tem sido as famosas “Fins”ou “Quilhas”.

Hoje no Brasil, a maior representatividade destes equipamentos, tem sido por parte das estrangeiras FCS, FUTURES e KINETIK RACE. Dado este crescimento do esporte no país as marcas nacionais também vem investindo no setor e já disponibilizam produtos similares, porém, importados, como fazem a BLAM’S e CT WAX.

Nova no cenário, a BOTTOM FINS é a mais recente novidade no Mercado Nacional. Localizada em São Paulo, próximo a Raposo Tavares, a empresa conta com uma variedade de quilhas de alta performance, com fabricação 100% Brasileira.Segundo a empresa Paulista, a vantagem de se produzir este tipo de acessório em solo nacional é a disponibilização de equipamentos de qualidade para o nosso público, além de um melhor custo benefício e na facilidade de adquirir somente 1 quilha, caso o cliente tenha interesse.

 

Para entendermos um pouco mais sobre o assunto, buscamos alguns players de Mercado, Empresas do Setor e um Atleta Competidor para nos dar um depoimento e dicas sobre quilhas.

Acionamos a Angel Surf Shop, E- Commerce especializado em equipamentos de surfe e perguntamos qual as principais características de uma Quilha e o que a empresa leva em consideração na hora de indicar o equipamento?

Quando algum cliente entra em contato conosco, buscamos avaliar algumas questões como, peso, nível de habilidade e tipo de onda, mas algumas características são fundamentis, sendo elas: Template, Area, Altura, Base e Inclinação (Reposta de Angel Surf Shop)

Podemos mencionar alguns detalhes de cada característica:

Template

O formato tende ser mais curvo ou mais vertical. Quando se opta por fazer um surfe com curvas mais redondas e abertas o tradicional é utilizar uma quilha com mais curvatura e inclinação. Caso opte por fazer um surfe com manobras mais fechadas e com projeção vai precisar de uma quilha mais vertical e com menos inclinação.

Base

Afirmamos que quanto maior a base, mais tração você terá. A base maior lhe permite mais dirigibilidade, direcionamento e segurança. Se a quilha tiver uma base mais estreita, menos controle você terá. As bases mais largas são indicadas para ondas pesadas e tubulares, nas quais vão lhe dar mais segurança. A quilhas mais estreitas vão tornar as manobras mais radicais, porém com mais dificuldade de controle.

Altura

Basicamente os modelos estão disponibilizados em Small (Pequena), Medium (Média) e Large (Grande). Espera-se que quanto maior a quilha, mais tração e estabilidade o surfista terá. As quilhas menores, proporcionará menos estabilidade, porém com possibilidades de giros mais rápidos.

Perguntamos para a Fabricante de Quilhas Bottom Fins: Como podemos orientar os surfistas a utilizarem os seus produtos?

Fernando do Carmo (Gerente Comercial) da empresa afirmou que a empresa disponibiliza de muita qualidade e dedicação nos produtos que vem sendo produzidos e que a indicação dos produtos se dão da seguinte forma:1 – PESO DO SURFISTA
Identificamos o peso do surfista e indicamos pelo tamanho da quilha
-SMALL: até 70 KG.
-MEDIUM: entre 65 e 80 KG.
-LARGE: acima de 75KG.

2 – NÍVEL DE HABILIDADE
Definimos pelo tipo de foil e outline das quilhas

– INICIANTE
Linha inside e double foil, template convencional, para o surf do dia a dia
Disponível nos tamanhos pequeno, médio e grande.
modelos BTT(S) / BTT(M) / BTT(L)

– INTERMEDIÁRIO
Linha inside e double foil, template convencional, para o surf do dia a dia.
Disponível nos tamanhos pequeno, médio e grande.
Modelos: BTT(S) / BTT(M) / BTT(L)

Linha flat foil, template performance, para o surf progressivo.
Disponível nos tamanhos médio e grande.
Modelos: BTTA (M) BTT2 (M) BTTP (L)

– AVANÇADO
Linha flat foil, template performance, para o surf progressivo.
disponível nos tamanhos médio e grande.
Modelos: BTTA (M) BTT2 (M) BTTP (L)

Linha inside e double foil, template convencional, para o surf do dia a dia.
Disponível nos tamanhos pequeno, médio e grande.
Modelos: BTT(S) / BTT(M) / BTT(L)

 

3 – TIPO DE ONDA E TAMANHO
Direciona para os modelos por tipo de foil, outline e tamanho das quilhas.

-ONDAS LENTAS E GORDAS
Linha inside e double foil, template convencional, facilita a troca de borda e mantém
velocidade na onda.
Disponível nos tamanhos pequeno, médio e grande.
Até meio metro: modelos BTT(S) e BTT(M).
Acima de 1 metro: modelos BTT(M) e BTT(L).

-ONDAS RÁPIDAS E CAVADAS.
Linha flat foil, template performance, permite maior projeção, velocidade e facilidade em quebrar a linha nas manobras.
Disponível nos tamanhos médio e grande.
Até meio metro: modelos BTTA (M) e BTT2 (M).
Acima de 1 metro: modelos BTT(M) e BTT(L).

Fernando ainda enaltece a questão da Hidrodinâmica das quilhas, valendo a pena observas a questão dos FOILS do equipamento.

Conversa com Atletas;

O Atleta Eduardo Barrionuevo, é surfista profissional, atualmente atleta da empresa GANGSTER, com apoio do fotografo Fabio Lopes, Léo Santos, D+SPORTS, sr.ALTINO, Th Surfbards e BOTTOM FINS, afirma que sentiu total diferença, após usar as quilhas desenvolvidas por Fernado, as Bottom Fins.

“Sou um surfista bem radical, amo mandar aérios e manobras inovadoras, e me senti muito bem com as BOTTOM FINS, consigo ter velocidade para voar alto e voltar com precisão, estou muito feliz em poder fazer parte de todo este desenvolvimento“

Atualmente, Eduardo utiliza as quilhas BOTTOM FINS modelo Bottom Fins BTTA (M)

foto; FABIO LOPES atleta EDUARDO BARRIONUEVO

O Atleta Dárcio Dias, competidor, Campeão Guarujaense e fundador da D+Sports, afirma que as quilhas garantem 45% do seu surf.

“Me considero um surfista que gosta de fazer as manobras clássicas do surfe, adoro uma boa rasgada de Backside, aqueles CutBack bem Redondo e quando preciso de notas, opto por um surfe progressivo e manobras com velocidade. Gosto de utilizar quilhas que me permitem quebra de linha e manobras com mais curvas”.

Atualmente o atleta Darcio, utiliza Quilhas do modelo All Merrick e Similares aos modelo Bottom Fins BTTA (M)

Darcio Dias (Atleta Competidor e Fundador da D+Sports)

DARCIO DIAS

Não podiamos deixar de contar com o posicionamento de um bom shaper. Escutamos Pedro Marchi da Flap Company que disse;

A quilha tem um fator fundamental na performance da prancha, por isso utilizar a quilha certa ,pra prancha certa, no mar certo, é tão importante. E é papel do shaper levar em consideração a quilha na hora de desenvolver a prancha.

Na hora de posicionar os copinhos das quilhas tem que se levar em consideração o angulo, a distancia da rabeta e a distancia entre elas.

Quanto mais paralelas em relação a longarina da prancha forem as quilhas, mais velocidade você vai ter. Em contra partida a prancha vai ficar mais presa para manobras.

O mesmo conceito funciona para a distância da rabeta, quanto mais próxima da rabeta ficarem as quilhas, mais estável será a prancha, porém você precisará de mais força para quebrar a linha da manobra.

Como todas as outras características da uma prancha de surf, o segredo está em achar a combinação ideal para o tipo de surf que você está procurando. Procure passar para seu shaper o maior número de informações possíveis com relação ao seu surf, assim, ele conseguirá achar essa combinação ideal e te entregar a prancha dos sonhos.

ENVIADO POR Kleber Custódio

#ESTAMOSNATORCIDA

Tags
Show More

Eduardo Barrionuevo

Eduardo Barrionuevo é surfista profissional e compete atualmente as etapas do CBSurf. Nascido em Iguape, atualmente ele treina no Guarujá e é um atleta do time da Gangster, entre outros patrocínios. Barrionuevo possui conhecimento profundo do mundo do surf dando uma visão crítica e especializada as notícias do portal . Edu é atleta patrocinado da Gangster, e recebe apoios da Águas Claras Sr. Altino, Botton Fins , D+Sports , Ótica Di Fiori, TH Surfboards e LivreSurf. Contato: eduardo@livresurf.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close