CampeonatosNotíciasNotícias do TourSurfistasSurfistas Brasileiros no CT – Feminino

Kelly Sater fala sobre a bateria que vai enfrentar Filipe Toledo

Um dia antes das quartas-de-final em Keramas, com Filipe Toledo, o 11 vezes campeão mundial fala sobre a bateria

Um dia antes das quartas-de-final em Keramas, com Filipe Toledo, o 11 vezes campeão mundial fala sobre a bateria.

Kelly Slater

Kelly Sater fala sobre a bateria que vai enfrentar Filipe Toledo.

Kelly Slater e Filipe Toledo vão se enfrentar na primeira bateria das quartas-de-final em Keramas. Kelly com seus 47 anos em forma de zigue-zague, vai ver se estratégia e experiência podem derrotar Filipinho o homem que até agora parece imbatível nas pequenas direitas de Keramas.

Kelly Sater

Em uma entrevista ontem, Kelly Slater disse que não vai aliviar e fará de tudo para vencer, mesmo sabendo que Filipinho é provavelmente o melhor surfista de ondas pequenas que já existiu.

Disse o 11 vezes campeão Mundial;

“Bem, é óbvio, tipo, eu não vou sair e deixá-lo vencer, vou fazer o meu melhor para esmagá-lo e se eu perder quem se importa? Na Costa do Ouro em Duranbah, eu surfei como lixo. Todo mundo me criticou nas redes sociais, eu provavelmente matei minha própria confiança“. Continuou Kelly ´´ As pessoas esquecem que o circuito é uma maratona, não só uma etapa, pode haver dias em que alguém parece totalmente imbatível, incontornável, vai ganhar tudo e depois perde “. Falou sobre seu adversário ´´Olha, eu amo o Filipe acho que ele tritura que ele é provavelmente o melhor surfista de ondas pequenas que já existiu me superou em todas as etapas do ano, então sei que as chances de eu vencê-lo são muito pequenas, não tenho ilusões sobre isso, mas vou ver se consigo descobrir um plano de jogo para vencê-lo e obter algumas pontuações altas para mim mesmo e conseguir as ondas certas, espero que mar cresça para dois metros e meio de altura.“ Continuou Slater. ´´Filipe é provavelmente o cara mais fofo que poderia enfrentar em ondas pequenas, especialmente em direitas, mas isso não significa que eu tenho que sentar e elogiá-lo antes de surfar, vocês sabem que eu quero ir lá e tirar a cabeça dele na bateria, com a mentalidade de um concorrente e deixar tudo na água, eu tenho um pouco de confiança agora e vou tentar usar para ganhar a bateria e vencer o campeonato“

Kelly Sater

Kelly Slater, mesmo com 47 anos, a cada ano de circuito se supera de alguma forma, ano passado em Pipeline fez um tubo épico, caiu dentro dele, conseguiu pegar a prancha novamente e sair, não valeu tantos pontos por ter deitado na prancha, mas foi histórico, em anos anteriores também fez coisas memoráveis como um TUBO DE LAYBACK EM TEAHUPO, AÉREO 540, O PRIMEIRO FULL ROTATION NOTA 10 NO WCT, LAY FRONT, UM AÉRIO ONDE A PRANCHA ESCAPOU DE SEU PÉ E ELE CONSEGUIU PEGAR DE VOLTA DEITADO E MUITO MAIS. Tudo isso fora os 11 titulos Mundiais e a fabricação da melhor onda artificial do mundo. Realmente incontestável suas performaces

A LivreSurf torce para que o 11 vezes campeão mundial seja eliminado e que nosso brasileiro Filipe Toledo vença.

#estamosnatorcida.

 

Etiquetas
Mostrar mais

Eduardo Barrionuevo

Eduardo Barrionuevo é surfista profissional e compete atualmente as etapas do CBSurf. Nascido em Iguape, atualmente ele treina no Guarujá e é um atleta do time da Gangster, entre outros patrocínios. Barrionuevo possui conhecimento profundo do mundo do surf dando uma visão crítica e especializada as notícias do portal . Edu é atleta patrocinado da Gangster, e recebe apoios da Águas Claras Sr. Altino, Botton Fins , D+Sports , Ótica Di Fiori, TH Surfboards e LivreSurf. Contato: eduardo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo