+CampeonatosCampeonato MundialCampeonatosNotíciasSurfistas

Italo Ferreira e Jadson André representam o Brasil em Portugal.

Italo Ferreira já esta nas quartas de final no MEO Portugal Cup of Surfing.

Atual campeão mundial de surf Italo Ferreira já está nas quartas de final do MEO Portugal Cup of Surfing e Jadson André busca sua vaga.

MEO Portugal Cup of Surfing

Italo Ferreira e Jadson André representam o Brasil em Portugal.

Os dois potiguares da seleção brasileira da elite do surfe mundial, foram convidados para participar da segunda e última etapa do WSL Countdown no Velho Continente o MEO Portugal Cup of Surfing, que começou nessa terça-feira no point break de direitas de Ribeira D´Ilhas, em Ericeira.

Italo Ferreira estreou com vitória e já está nas quartas de final, enquanto Jadson perdeu, mas terá uma nova chance de classificação na segunda fase.

As baterias dos brasileiros abriram a competição masculina e reviveram duelos marcantes para os dois. Essa praia de Ericeira hoje é palco da etapa portuguesa do WSL Challenger Series, mas em 2014 sediou a decisão do título mundial Pro Junior, que terminou com o português Vasco Ribeiro sendo campeão, derrotando Italo Ferreira na final.

Jadson

Jadson André terminou a bateria na segunda colocação, em sua primeira onda já saiu mandando um aéreo full rotation de frontside numa esquerda que valeu 5,17. Logo entrou uma direita que rendeu três manobras para ganhar 5,10 e liderar o confronto.

Prancha de Equilíbrio

O italiano Leonardo Fioravanti começou com nota 6,00 e Ramzi demorou para entrar no jogo.

O marroquino só surfou sua primeira onda aos 10 minutos e começou com 5,37. Aí encaixou nas séries e achou uma direita maior para usar o seu “power surf” com quatro pauladas de backside, que renderam nota 8,67 para assumir a ponta.

Ramzi Boukhiam logo repetiu a dose em outra direita que valeu 6,17 para confirmar a vitória por 14,84 pontos, contra 10,97 do brasileiro Jadson André e 10,33 do italiano Leonardo Fioravanti.

Atual campeão mundial de surf

O nosso campeão mundial de surf Italo Ferreira não deu qualquer chance aos dois portugueses que enfrentou, aumentando a vantagem com seu ataque de backside a cada onda surfada nas direitas de Ericeira. Italo liderou o confronto desde a primeira onda.

Parafina Fuwax

Na terceira fez 6,50 e a seguinte armou uma parede maior para mandar uma série de seis batidas e rasgadas muito fortes que valeram nota 8,00. Ainda pegou outra onda boa para selar a vitória por 14,67 com nota 6,67, contra 10,67 pontos de Henrique Pyrrait e apenas 9,23 do Vasco Ribeiro.

Disse Italo:

“Acho que estou muito mais forte agora, pois era bem mais magro naquela época (risos)”, brincou Italo Ferreira sobre aquela final ProJunior de 2014. “Tem muitos surfistas bons neste evento e foi uma bateria boa para começar o campeonato. Estou muito feliz por estar de volta a Portugal, que é um dos meus lugares favoritos no mundo. Adoro vir para cá, da comida, das pessoas e para surfar nas praias daqui”.

Italo Ferreira defende uma invencibilidade iniciada no bicampeonato consecutivo conquistado no ano passado lá mesmo em Portugal, no MEO Rip Curl Pro em Peniche, palco da penúltima etapa do World Surf League Championship Tour. Saiba Mais

Depois, também ganhou a decisão do título mundial na final brasileira com Gabriel Medina no Billabong Pipe Masters no Havaí. Saiba Mais

E neste ano venceu as duas únicas competições que disputou primeira foi o Onda do Bem, evento noturno de caráter beneficiente promovido pela WSL Latin America na Praia de Itamambuca, em Ubatuba (SP), onde Jadson André também foi finalista ficando em quarto lugar, com o catarinense Yago Dora em segundo e o paulista Miguel Pupo em terceiro. Saiba Mais

Depois do evento no Brasil, Italo Ferreira foi convidado para participar das duas etapas do WSL Countdown da WSL Europe como a de Ubatuba e venceu o French Rendez-Vous of Surfing em Anglet semana passada, derrotando o espanhol Andy Criére na final. Saiba Mais.

Atual campeão mundial de surf

E a LivreSurf torce para que um de nossos brasileiros seja o grande campeão.

#estamosnatorcida

 

 

Etiquetas
Mostrar mais

Eduardo Barrionuevo

Eduardo Barrionuevo é surfista profissional e compete atualmente as etapas do CBSurf. Nascido em Iguape, atualmente ele treina no Guarujá e é um atleta do time da Gangster, entre outros patrocínios. Barrionuevo possui conhecimento profundo do mundo do surf dando uma visão crítica e especializada as notícias do portal . Edu é atleta patrocinado da Gangster, e recebe apoios da Águas Claras Sr. Altino, Botton Fins , D+Sports , Ótica Di Fiori, TH Surfboards e LivreSurf. Contato: eduardo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar