Campeonato MundialNotícias

Filipe Toledo aparece como cancelado nos dois QS’s Havaianos

A princípio isso seria uma quebra da regra da WSL acerca dos surfistas do CT

O nome do surfista Filipe Toledo apareceu em dois documentos oficiais da WSL na área de cancelamentos.

Tratam-se dos dois QS’s Prime do Havai, Hawaiian Pro e Haleiwa, ambos parte da Triplice Coroa Havaiana.

A questão é que os surfistas do CT são obrigados pelas regras da WSL a participarem de 2 QS’s por ano, conforme o livro de regras oficial da instituição.

Filipe Toledo
Filipe Toledo

Os Cancelamentos de Filipe Toledo

O QS 10.000 Hawaiian Pro tem janela de 13 a 24 de Novembro, no site da WSL ao consultar o evento você pode encontrar o PDF onde são mostrados os atletas que se inscreveram e a ordenação pelo seed de cada um.

Na parte de baixo do documento, são listados os cancelamentos, veja abaixo:

Deck John John Florence
PDF WSL Filipe Toledo
PDF WSL Filipe Toledo

O quarto nome da lista é de Filipe Toledo.

Peterson Crisanto também aparece como cancelado, mas ele participou do QS 6.000 de Noronha e do Balito Pro (10.000).

Já Kolohe Andino participou do Vans US e está inscrito no QS 10.000 de Haleiwa.

O QS 10.000 de Haleiwa acontece de Novembro 25 a Dezembro 7, abaixo o documento extraído da página da WSL:

QS Haleiwa Filipe Toledo
QS Haleiwa Filipe Toledo

Desta forma, Filipe Toledo terminaria o ano sem participar de nenhum QS em 2019.

A regra da WSL

No livro de regras da WSL no artigo 13 traz dois parágrafos que tratam desta regra.

Neles é descrita a obrigação de todos os surfistas do Tour Mundial (CT), a competir em pelo menos 2 QS’s 10.000 em regiões diferentes, sendo um deles, na região a qual pertence o surfista.

Abaixo a transcrição em inglês:

During each Surfing Season, Men’s CT Surfers must compete in at
least two (2) QS 10000 Events in different Regions, one of which
must be licensed by the WSL Regional Office that controls the
country of which the Surfer permanently resides for tax purposes. If
there are no QS 10000 Events licensed by that WSL Regional
Office, then a QS 6000 from that Region or a QS 10000 from
another Region must be competed in as a substitute. Failure to
comply with this Rule will result in discipline imposed in accordance
with Article 190.

Para entender as possíveis punições remetemos ao Artigo 190, mas ele é muito mais abrangente.

Porém no artigo 195 (item 11) do Livro de Regras da WSL de 2019 a seguinte punição é colocada:

Em caso de falha na participação dos eventos requeridos, a primeira violação teria uma multa de 10.000 dólares, a segunda 25.000 dólares e por fim, em uma eventual terceira falha, o comitê de disciplina seria ouvido.

Abaixo a transcrição em Inglês:

11 – Failure to comply with obligation to compete
in required QS 10000 Events [Refer to
Articles 13.03 and 13.04]

First violation: $10,000.
Second violation: Up to
$25,000.
Third violation: In discretion of
Discipline Committee.

A resposta da assessoria de Filipe Toledo

A LivreSurf mandou mensagens para as assessorias de imprensa do atleta e da WSL e caso eles respondam postaremos aqui.

Atualizado 11 de Novembro as 14h30

A LivreSurf acaba de receber a resposta da assessoria de imprensa do surfista Filipe Toledo:

Segundo eles, Filipe Toledo foi liberado pela World Surf League (WSL) para que ele faça a sua recuperação, visando o seu futuro como atleta profissional.

Links de Referência:

Livro de Regras da WSL 2019 (em inglês): clique aqui

Página do Evento Hawaiian Pro

Página do Evento Haleiwa

#EstamosNaTorcida

Mostrar mais

Rodrigo Morais

Especialista no mercado de tecnologia com 17 anos de experiência, focado em segurança da informação. Surfista amador frequentador das praias da vibrante ilha de Guarujá. Fotógrafo especializado na captação de esportes, especialmente o surf. Contato: rodrigo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar