Rio Pro

Conclusões do Oi Rio Pro 2019

Filipe Toledo vence e o cenário muda no ranking mundial

Filipe Toledo foi o grande campeão do Oi Rio Pro 2019 e a equipe LivreSurf tirou algumas conclusões daquilo que passou despercebido durante o campeonato ou que merece ser lembrado.

Jhon Jhon Florence Oi Rio Pro 2019 Final foto Flavio Borges
Jhon Jhon Florence Oi Rio Pro 2019 Final foto Flavio Borges

Conclusões do OI RIO PRO 2019

O Brasil foi muito bem na quarta etapa do Circuito Mundial, Filipe Toledo mostrou para que veio, detonou com seus aéreos e manobras de grande expressão, mostrou novamente para o mundo que em campeonato no Brasil o título fica em casa.

Kelly Sater

Kelly Slater

O evento foi para Barrinha, pico opcional do Oi Rio Pro, no round de número 16, isso por grande influência de Kelly Slater que enfrentou Filipe Toledo em uma bateria considerada como a verdadeira final por muitos telespectadores.

Slater conseguiu fazer uma nota 9.50 em um excelente tubo e um 5.33, mais mesmo levando o campeonato para outro pico como estratégia para vencer, Slater foi eliminado.

Filipe Toledo 2 Oi Rio Pro 2019 Flavio Borges

Filipe Toledo

Filipe foi o cara da vez, na bateria contra Slater, mostrou que não existe pressão.

Prancha de Equilíbrio

Fez um 9.17 em sua primeira onda e quase matou alguns brasileiros do coração quando virou a bateria em sua última onda com um tubão que lhe rendeu 8.67, quase na regressiva.

Jesse Mendes Oi Rio Pro 2019 Flavio Borges
Jesse Mendes Oi Rio Pro 2019 Flavio Borges

Jesse Mendes

Algumas baterias durante o evento foram bem duvidosas para o público, nosso brasileiro Jesse Mendes por exemplo pegou uma boa onda antes da buzinas, precisava de pouco mais que 7.00 pontos, fez 3 boas manobras de backside, onde pareceu que seria a virada… mais não foi. Conseguiu 6.60 pelos juízes, bateu na trave.

Jhon Jhon Florence

John John Florence acabou se machucando no Round dos 16 melhores, torceu o joelho durante uma tentativa fracassada de aéreo e mesmo avançando sua bateria não teve condições de continuar sua bateria.

Não tem nada confirmado mas línguas dizem que dever ficar afastado por 8 meses.

Jhon Jhon Florence Oi Rio Pro 2019 Final foto Flavio Borges
Jhon Jhon Florence Oi Rio Pro 2019 Final foto Flavio Borges

Gabriel Medina

A bateria de Gabriel Medina nas quartas de final foi muito interessante, ele cometeu alguns erros que lhe custaram a vaga para semifinal, nossos analistas deixaram estas opiniões.

Parafina Fuwax
Gabriel Medina Oi Rio Pro 2019 foto Flavio Borges
Gabriel Medina Oi Rio Pro 2019 foto Flavio Borges

Medina comete erros nas quartas de final e acaba perdendo a passagem para a semifinal.

ERROS DE MEDINA

  1. Gabriel Medina deixou seu adversário muito solto, mesmo tendo a prioridade e a maior nota de Kolohe foi em uma onda sem ele ter o direito dela.
  2. Medina errou muitas finalizações em ondas boas, que poderiam ser conclusivas para vitoria.
  3. Em uma de suas últimas ondas, teve a oportunidade da virada, precisava apenas de 6.70, fez uma excelente manobra de batida no início e poderia ter mandado uma com mais força na junção apenas para finalizar e obter a nota, mais preferiu arriscar e foi para um aéreo… que não finalizo.

Algo que nos chamou atenção, foi o pedido de troca de prancha de Gabriel Medina, que levou seu padrasto até a beira da praia, mas Gabriel decidiu não trocar seu equipamento.

Charles Medina Oi Rio Pro 2019 foto Flavio Borges
Charles Medina Oi Rio Pro 2019 foto Flavio Borges

Deivid Silva

O atleta Deivid Silva foi o surfista que mais colocou força e radicalidade nas suas manobras, pena que a cada onda sua só saia uma manobra por vez, limitando o atleta a faixa de 6 pontos que não foram o bastante para seu avanço.

Provavelmente, se ele encaixasse duas manobras com o mesmo comprometimento e potencia, com certeza seria um dos maiores scores do dia.

Vamos aguardar os próximos eventos do jovem guarujaense.

 

Abaixo segue o como ficou a parte de cima do ranking do CT:

Ranking em 24 Junho 2019
Ranking em 24 Junho 2019

 

#estamosnatorcida.

 

Etiquetas
Mostrar mais

Eduardo Barrionuevo

Eduardo Barrionuevo é surfista profissional e compete atualmente as etapas do CBSurf. Nascido em Iguape, atualmente ele treina no Guarujá e é um atleta do time da Gangster, entre outros patrocínios. Barrionuevo possui conhecimento profundo do mundo do surf dando uma visão crítica e especializada as notícias do portal . Edu é atleta patrocinado da Gangster, e recebe apoios da Águas Claras Sr. Altino, Botton Fins , D+Sports , Ótica Di Fiori, TH Surfboards e LivreSurf. Contato: eduardo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar