Pro France

Caio, Tatiana e Silvana avançam na repescagem do QuikSilver Pro France

Jadson Andre sofre pequeno sangramento durante sua bateria

Na madrugada de hoje foram chamadas as baterias do Elimination Round do Quiksilver Pro France.

Nesta etapa, os surfistas que não conseguiram se classificar em primeiro, ou segundo lugar em suas baterias do Round 1, devem disputar uma posição para avançarem para o Round 3.

Três brasileiros estavam na disputa nesta etapa, do lado masculino: Jadson Andre, Deivid Silva e Caio Ibelli. No feminino, tanto Silvana Lima quanto Tatiana Weston-Webb competiram.

Se você quiser ler o que rolou no round 1 do evento, leia clicando aqui.

Jadson Andre Pro France
HOSSEGOR, FRANCE – OCTOBER 3: Jadson Andre of Brazil will surf in Round 2 of the 2019 Quiksilver Pro France after placing third in Heat 8 of Round 1 at Le Culs Nus on October 3, 2019 in Hossegor, France. (Photo by Laurent Masurel/WSL via Getty Images)

Jadson Andre sofre sangramento no Pro France

Em sua disputa para avançar, Jadson Andre enfrentou Kolohe Andino e o francês Marco Mignot.

Deck John John Florence

Um mar difícil no Pro France, tubos muito rápidos de formação irregular e bem no inside obrigaram os surfistas a terem um drop rápido para dentro do tubo, mas mais rápido ainda para fora, a fim de não serem esmagados dentro da onda.

O norte americano foi quem deu o melhor exemplo disso, ele fez a maior nota da bateria, dropando uma onda de um metrão para dentro do tubo e conseguindo sair segundos depois em uma brecha da placa da onda.

Neste jogo, de entrar e sair muito rápido, Jadson Andre não se achou, sem conseguir sair de nenhuma onda suas notas ficaram muito baixas o que o empediram de avançar.

Faltando aproximadamente 3 minutos para o fim da bateria, o brasileiro mostrou seu comprometimento indo em uma onda difícil na qual caiu de forma dura bem no drop.

Levantou já com a mão no ouvido e um pequeno sangramento que levou imediatamente 5 guarda vidas para a água, da qual saiu imediatamente para receber cuidados médicos.

Não foi nada grave, Jadson André saiu andando, mas com o peso da eliminação, bem mais dolorido que a dor no ouvido.

Update 05 de Outubro 8h40 – O surfista já postou no instagram sobre o assunto:

Deivid Silva e Caio Ibelli

Os dois brasileiros do Guaruja foram para a água disputar as vagas com o australiano Soli Bailey no Pro France.

O jogo continuava o mesmo que nas baterias anteriores, surf no inside com tubos muito curtos e rápidos, o atleta tinha que sair rápido para não ser esmagado.

Soli fez a maior nota da bateria um 8,17 ao se encontrar muito bem e conseguir escolher e fazer um bom mini tubo, e ainda tentar um aéreo no final.

O sucesso de Caio Ibelli veio de um bom tubo que ele tem todo o mérito de ter encontrado neste difícil mar.

A Deivid Silva faltou encontrar uma onda que lhe desse opção para um exibição mais limpa, posicionamento e falta de boas ondas eliminaram o brasileiro da competição.

Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima

Surfando muito próximo da areia as brasileiras disputaram as duas vagas para avançar ao Round 3.

A disputa foi dramática para Silvana Lima, a certeza de seu avanço só veio nas últimas notas da bateria e foi por centésimos deixando o bom torcedor grudado nas notas.

Tatiana em sua primeira onda, conseguiu fazer uma nota que a manteve em primeiro lugar durante os 30 minutos, uma nota 5,17. Ao final, ela se supera fazendo a melhor nota da bateria um 5,77.

Já Silvana, apoiou-se em uma nota 4,50 e teve dificuldade para fazer uma segunda nota relevante, enquanto Macauly assustou com uma combinação de duas notas na casa dos 3 (3,60 e 3,93).

A brasileira em sua última onda, consegue ultrapassar a somatória da australiana em 10 centésimos.

Dobradinha brasileira avançando na repescagem para nossa alegria.

 

#EstamosNaTorcida

Mostrar mais

Rodrigo Morais

Especialista no mercado de tecnologia com 17 anos de experiência, focado em segurança da informação. Surfista amador frequentador das praias da vibrante ilha de Guarujá. Fotógrafo especializado na captação de esportes, especialmente o surf. Contato: rodrigo@livresurf.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar